quarta-feira, 31 de março de 2010

ausência

Tua falta
Me fere
Feito
Navalha
E eu sangro
silêncios

8 comentários:

Lady Salieri disse...

Bateu e ficou.

J.F. de Souza disse...

saudade
que jorra



já li isso... =P

Thales Capitani disse...

.

A cada dia tenho mais certeza que a nossas musas são irmãs e só não te elogio mais para já não parecer que agora também estou me referindo a mim! risos

Paulo Viggu disse...

Perdi meus passos em meio a tanto barulho. Eu também silêncio. Tanta Saudade!

Lindsey disse...

'silêncio é difícil porque pesa (...)'

venha me visitar!

http://nervuras.blogspot.com

beijo

Lindsey

Rayanne disse...

Idem.
O pulso vermelho
destoa saudades.

**Estrelas, bonita!**

Luzzsh disse...

Sangrei silêncios durante todo o ano passado!....agora, passeando novamente pelos blogs amigos, tudo o que faço é relembrar, enternecer-me e não querer jamais me afastar novamente.

Mi casa, su casa, Sandra queridíssima!

www.ocarmim.blogspot.com

Beijossss

Ramon Alcântara disse...

E cada segunda que passa sem você vim me fazer curativos, sangro mais e o silêncio fica ainda mais inaudível, sem nunca cessar porém.


abz