domingo, 24 de agosto de 2008

zensações

Sobre seu ombro indefeso
Meu peso em repouso
Esboça nossa
Recíproca submissão
(uníssona)
Sob o silêncio
Da sua
respiração

8 comentários:

(marta entre parênteses) disse...

gentedoceu.
..parei aqui e no blog de 7 cabeças e te encontrei
..e ..olha..virei tua fan.
tuas letras sao lindas..
e de fato vc eh uma poesia.. nao sei se vc ja cresceu ou nao..
mas.. acho q se vc nao sabe..
vc ja nasceu com ela (a poesia) dentro de vc
;*

Márcia(clarinha) disse...

Submissão consentida de amor compartilhado, silêncio esplêndido.

dia lindo, flor
beijos

rio daqui disse...

Eis a zensação das cenas do pacote de imagens escritas por Sandra. Quero um livro dessa "poetaça", para sentir "O Texto Sentido" - Paulo Viggu - beijo em Sandra - Rio daqui

moacircaetano disse...

a calma que precede o terremoto...

Aline disse...

e nos faz ganhar essa bela declaração.

Dora disse...

Sandra. Esse poema curto está um primor. Gosto de poemas condensando sensações. Com curtas frases ele parece contar uma história antiga que se passa entre duas almas comprometidas, de alguma forma...
Beijo de admiração!
Dora Vilela

Dolfo disse...

esse é pra falar no ouvido da minha namorada.

abraços.

Grazielle disse...

Por que fico sem ar com seus versos? Estou lendo o blog de baixo pra cima... ainda não consegui respirar!

Lindos!