sábado, 23 de abril de 2011

espera

cedo ou tarde
suas digitais
imprimem
seu desejo
em minha carne

E eu cedo...
ainda que você tarde

4 comentários:

Rayanne disse...

Exata, Poeta!
a queima rouca,
a rosa dos dentes,
itensa professa!

**Estrelasó**

Emoções disse...

Da boca dos poetas mais amadores saem as palavras mais belas e puras,mesmo que poucas e curtas são palavras que gritam de um coraçã que ainda tem esperança.

Gabriela Guimarães Cavalcanti disse...

Impossível não seguir-te.

Gabriela Guimarães Cavalcanti disse...

Impossível não seguir-te.