segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

cio*


Cometo excessos
Excedo,
Extrapolo.
Exalo:
Desejos...
pelos...
poros...

*Ao poeta que lê meu silên-cio!

9 comentários:

Poeta Matemático disse...

Hum...

Até aqui tem spam agora

rsrsrs

Pra variar uma belezura de uma simplicidade estonteante...

Né...?

Poeta Matemático disse...

Hum...

Até aqui tem spam agora

rsrsrs

Pra variar uma belezura de uma simplicidade estonteante...

Né...?

moacircaetano disse...

não há excesso em ser...
beijos admirados e ansiosos!

Marla de Queiroz disse...

Vc é sempre impecável, né, querida?!Fico pasma.
Tô ansiosa pelo reencontro!
Todos os beijos.

A czarina das quinquilharias disse...

construção perfeita.
e tão curto! adoro :)

Ellemos disse...

Excessos na medida certa! Poema certeiro.

Então, vamos combinar logo um reencontro?

Beijos!

paulo vigu disse...

E o desejo pingando num "extraporo" - Riodaqui até o mar leva beijo. Paulo Vigu

Luzzsh disse...

Oi Sandra,

Uau!...belo, rápido e certeiro. Exalando
talento
tanto.

Beijos...

Múcio Góes disse...

a-
pelos
pelos
poros
pelos
pêlos

bjo.